Cursos Gratis

Quer um curso gratis de qualidade? Gratis Curso é um site que fornece cursos gratis de diversas áreas. Você encontrará curso de ingles gratis, curso de violão gratis, curso de teclado gratis, curso de portugues, matemática, informatica, desenho, canto, teclado e muitas outras aulas gratuitas! Cursos gratuitos das mais diversas áreas. Aqui o objetivo é transmitir conhecimento de qualidade, pois só o conhecimento transforma a realidade em sua volta. Aproveite os cursos gratis e ajude a divlgar este site para seus amigos e colegas, seja por e-mail ou através de redes sociais, pois só com conhecimento é possivel mudar o Brasil!

A importancia do conhecimento gratuito e de qualidade de um curso gratis

 

Somente o conhecimento faz com que o ser humando entenda e comprenda as situações que surgem em seu dia a dia e no mundo que esta em sua volta. Por isso, desde a sua existencia o ser humano faz de tudo para centralizar o conhecimento em poucas mãos, é só olhar um pouco para tras no tempo, seja algumas decadas atras, sejam séculos ou milenios atras. Isso acontece porque é muito mais facil "domar", manipular ou até mesmo escravizar as pessoas ignorantes em seu dia a dia. Por isso é de extrema importancia que as pessoas estudem e entendam o maximo possivel sobre diversos temas e assuntos. O objetivo deste site é que você não assista um curso gratis somente por assistir, e sim que voce faça cursos gratis de qualidade.

 

Por que devemos divulgar os cursos gratis

 

O objetivo de se divulgar cursos gratis é obter cidadãos e uma sociedade mais preparada para o seu dia a dia e para o seu futuro. Por isso, divulgamos esse site e pedimos que você ajude a divulgar o site Gratis Curso aos seus amigos e colegas! Voce faz isso em apenas alguns segundos, porém, ajuda a que pessoas obtenham conhecimento que estara junto com elas até o resto da vida! Por sua iniciativa!

 

Motivos para você fazer um curso gratis:

Até poucos anos atras, fazer um curso gratis de qualidade era praticamente impossivel. Atualmente, com o apoio da internet isso se tornou muito mais fácil. A internet dispoe de diversos cursos gratis de qualidade, com a vantagem de você poupar tempo de deslocamento para os cursos, assistir as aulas no momento que quiser e ainda há um fato que poucas pessoas comentam: em um curso pela internet não há distrações de classes de aulas e também não há interrupções das aulas com perguntas bobas ou fora do tema da aula.

Já esta comprovado que o futuro do ensino será através de cursos telepresenciais, pois, com o atual sistema capitalista globalizado, há sempre uma necessidade de se fazer tudo da melhor forma, com mais qualidade e com um menor custo. Isso serve também para as instituições de ensino.

Há ainda, diversos professores e educadores, que preocupados com o futuro das pessoas e alunos, colocam cursos gratis de qualidade disponiveis para qualquer um acessar através da internet.

Se você esta preocupado em colecionar diplomas, saiba que isso não é mais reconhecido pelo mercado de trabalho atual, pois é preciso comprovar o conhecimento e não apenas mostrar um papel. Com isso, você pode fazer diversos cursos gratuitos, porém você deve procurar cursos gratis de qualidade, que realmente façam você aprender o conteudo que é disponibilizado.

Portanto, agora que você ja conhece os motivos para fazer um curso gratis, não perca tempo! Selecionamos os melhor conteudo gratuito disponibilizado na internet. Aproveite as aulas e esperamos que você alcance o que deseja com esforço e dedicação. Seja bem vindo ao site Gratis Curso!

O que Voce deve Saber sobre a Gestão do Conhecimento

 

O processo de globalização e o advento de novas tecnologias de informação, em especial a revolução da Internet, vêm provocando consideráveis transformações nas organizações e, paradoxalmente, todo esse movimento que tem favorecido a grandiosos progressos, tem contribuído, também, para igualar as empresas em termos de oportunidade e abrangência. Surge, em conseqüência, um novo diferencial competitivo: o conhecimento. A importância do conhecimento não é uma descoberta recente. Há muito esse conceito reflete a idéia de poder. Entretanto, somente nas últimas décadas, as organizações
descobriram que a capacidade de gerar e utilizar conhecimento dentro da organização é elemento básico capaz de criar competências e identidades específicas, proporcionando, portanto, diferenciais competitivos e crescimento econômico. Dessa forma, o conhecimento é, atualmente, fator fundamental em qualquer tipo de organização, pública ou privada. Para que haja reconhecimento e proveito, entretanto, deve-se destacar, particularmente, a cultura  organizacional e social dominantes, bem como a importância de um sistema de tecnologia de informação compatível com essa cultura. É importante mencionar, ainda, que, de acordo com Cavalcanti, Marcos at al (2001: 27), países em desenvolvimento, como o Brasil, concentram suas atividades na industrialização tradicional, baseando sua competitividade na exploração de recursos naturais esgotáveis, enquanto que países ricos caminham no sentido de domínio da economia do conhecimento aumentando, assim, a distância que divide os dois mundos. Para uma melhor compreensão dessa diferença, basta comparar entre as três leis básicas da economia capitalista, predominantes da sociedade industrial, quais sejam: a utilização da matéria-prima, as relações de mercado e o custo do produto, e a aplicação desses fatores no contexto econômico da sociedade do conhecimento. No primeiro caso, considerando a sociedade industrial, quanto mais uma determinada matéria-prima é consumida menor será sua quantidade na natureza. Nada mais previsível uma vez que se trata de recurso limitado. Na sociedade do conhecimento, ao contrário, quanto mais se extrai o conhecimento necessário para produzir algo, essa “matéria-prima” aumenta ao invés de reduzir, tendo em vista o natural processo de elaboração mental. No segundo caso, quando alguém vende um bem perde a posse sobre ele para outra pessoa. Na sociedade do conhecimento, porém, quando vendemos conhecimento, sob a forma de software ou uma patente, por exemplo, continuamos a deter o mesmo conhecimento acrescido da experiência adquirida e novas informações conseqüentes, que poderão ser utilizadas em outras situações, ou seja, há um saldo positivo além do financeiro. No terceiro caso, o custo de produção de um determinado produto depende especialmente do valor dos itens agregados, tais como energia, mão-de-obra, matéria-prima, etc. Na sociedade do conhecimento essa dependência é insignificante uma vez que a fonte é o próprio ser humano e o custo para desenvolver uma cópia ou um bilhão de cópias de um software ou livro, por exemplo, é praticamente o mesmo, podendo até ser reduzido à medida que se torna acessível a um número maior de pessoas. O atual cenário competitivo das empresas vem exigindo rápidas e contínuas adaptações destas para sobreviverem e crescerem nesses novos tempos da moderna economia e de um público consumidor cada vez mais exigente. Estas constantes transformações têm levado as organizações a mudar suas estruturas, processos e estratégias. Segundo Freitas & Becker1, “Para uma empresa manter-se competitiva deve aproveitar o surgimento de qualquer oportunidade e uma das principais fontes de oportunidades (geralmente não utilizada) é a ação sobre a informação e o conhecimento.”

O Conhecimento


Definir conhecimento não é tão simples como possa parecer, principalmente devido à sua característica de intangibilidade. Entretanto seguem algumas  definições dos estudiosos no assunto. Segundo Platão: "conhecimento é a crença verdadeiramente justificada". Para Nonaka & Takeuchi (1997), "o  conhecimento é um processo humano dinâmico de justificar a crença pessoal com relação à verdade". Para Davenport & Prusak (1998): "O conhecimento é uma mistura fluída de experiência condensada, valores, informação contextual e insight experimentado, a qual proporciona uma estrutura para a avaliação e incorporação de novas experiências e informações. O conhecimento existe dentro das pessoas, faz parte da complexidade e imprevisibilidades humanas. Assim, o conhecimento pode ser comparado a um sistema vivo, que cresce e se modifica à medida que interage com o meio-ambiente". Sveiby (1998) define conhecimento como "uma capacidade de agir". Algumas características também devem ser ressaltadas, dada a extrema relevância atribuída ao conhecimento atualmente:

• apesar da sua intangibilidade, o conhecimento é, atualmente, o diferencial competitivo das organizações;
• é uma fonte inesgotável e quanto mais utilizado tanto maior é a necessidade de adquiri-lo, nunca se esgotando, além de não depreciar com o uso;
• é um dos bens mais preciosos de uma pessoa, não podendo ser roubado ou copiado e podendo ser compartilhado de modo ilimitado, sem nenhum prejuízo para quem o forneceu;
• contraria os preceitos da economia de que o valor deriva da escassez;
• não existe um responsável pelo conhecimento. Ninguém tem o controle dele;
• é um ativo intangível que não sendo utilizado se deteriora.


Assim, Druker (1993) cunhou os termos:
"Trabalho do Conhecimento" ou "Trabalhador do Conhecimento" e afirma que, na nova economia, o conhecimento não é apenas mais um recurso ao lado dos tradicionais fatores de produção -- trabalho, capital e terra --, mas sim, o único recurso significativo. Sustenta que o fato do conhecimento ter se tornado um bem, muito mais do que apenas um recurso, é o que o torna singular na nova sociedade. Com a natural evolução que ocorre no mundo, as organizações devem estar em sintonia com a era do conhecimento, a fim de desenvolver estruturas e estratégias que possibilitem a manutenção contínua desse novo processo. Segundo Nonaka & Takeuchi (1997), a criação e o acúmulo de conhecimento em nível organizacional ocorre por meio de um processo o qual eles denominam "espiral do conhecimento", descrito através de cinco condições "capacitadoras": Intenção: é a aspiração de uma organização às suas metas e atua como um elemento regulador no processo de geração do conhecimento. Para criar conhecimento, devem as organizações estimular o compromisso de seus empregados, formulando e propondo uma intenção organizacional. Autonomia: todos os membros de uma organização devem agir de forma autônoma conforme as circunstâncias, pois, dessa maneira, a organização amplia a chance de introduzir oportunidades inesperadas. Idéias originais emanam de indivíduos autônomos, defendidas dentro da equipe, transformando-se então em idéias organizacionais. Flutuação e Caos Criativo: trata-se de uma ordem cujo padrão é difícil de prever inicialmente. Quando é introduzida em uma organização seus membros enfrentam um "colapso" de rotinas, hábitos ou estruturas cognitivas e têm a oportunidade de reconsiderar o pensamento e perspectivas fundamentais. Esse processo contínuo de questionamento e reconsideração  estimula a criação do conhecimento organizacional. Alguns denominam este fenômeno de criação da "ordem a partir do caos". O caos criativo é gerado  naturalmente quando a organização enfrenta uma crise real ou pode ser gerado intencionalmente quando os líderes procuram evocar um "sentido de crise". Redundância: é requisito básico para a criação do conhecimento. Significa a existência de informações que transcendem as exigências operacionais imediatas dos membros da organização. O compartilhamento de informações redundantes promove a distribuição do conhecimento tácito, i.é., adquirido através da  prática, pois os indivíduos conseguem sentir o que os outros estão tentando expressar. Deve-se estabelecer uma relação de compromisso entre a redundância e a eficiência no processamento de informações. Uma forma objetiva é a proposta pelos sistemas de informação que criam verdadeiros mapas para o conhecimento organizacional. Para Davenport & Prusak (1998), "a idéia da redundância é nitidamente a antítese do pensamento monopolista, o qual é e se constitui uma das patologias do mercado do conhecimento". Variedade e Requisitos: pode ser obtido de diferentes formas organizacionais e no desenvolvimento dos recursos humanos. O importante é promover a interdisciplinariedade e multidisciplinariedade na resolução dos problemas implícitos ao desenrolar do processo. Outro aspecto a ser destacado é que o conhecimento para Davenport & Prusak (1998) pressupõe uma ação, ou seja, para ser  considerado conhecimento tem que fazer diferença, caso contrário é uma tarefa inútil. Para Stewart (1998): "o capital humano se dissipa com facilidade. É preciso encontrá-lo. Isso significa que a inteligência organizacional, bem como qualquer outro ativo, deve ser cultivada no contexto da ação". Sendo assim, o  conhecimento tem que gerar soluções necessárias. Ele somente tem valor quando avaliado pelas decisões e ações que gera. Um bom conhecimento pode levar a excelentes decisões em Marketing, Produção, Recursos Humanos, etc. Logo, as empresas estão passando de uma força de trabalho braçal para uma força de trabalho intelectual, da hierarquização para a autonomia do empregado, integrado em uma relação horizontal nas atividades da empresa. Dessa forma, a  gestão do conhecimento nas empresas é algo que deve ser tratado com importância, pois ela será um fator estratégico não só contribuindo para a  sobrevivência das organizações como, também, para seu crescimento. Competir na era do capital humano exige muito trabalho, pois se está vivendo em uma sociedade extremamente dinâmica, instável, desafiadora e evolutiva. Assim, conforme Nonaka & Takeuchi (1997): "numa economia onde a única certeza é a incerteza, a única fonte segura de competitividade duradoura é o conhecimento".

E nessa busca pelo conhecimento, estamos aqui para oferecer o melhor conteúdo em Cursos Gratis! Aproveite e divulgue o site Gratis Curso aos seus amigos e colegas!

Novidades

Curso Gratis de Autocad

09/09/2012 11:28
Já esta disponivel o curso gratis de autocad! Se você precisa do computador para fazer desenhos técnicos ou em 3d não deixe de conferir mais este curso gratis que disponibilizamos para voce! Aproveite o site Gratis Curso!

Aulas de Excel

11/12/2011 13:51
Já estao disponiveis todas as aulas do curso básico de excel gratis. Você poderá aprender a usar o excel de forma fácil, com aulas bem objetivas e de qualidade. Aproveite o conteúdo do site Gratis Curso!

Notícia aos visitantes

10/12/2011 03:43
Já estão disponiveis as video aulas do curso de ingles gratis! Ao todo serão disponibilizadas aproximadamente quarenta video aulas de ingles! Aproveite o site para aprimorar seus conhecimentos e divulgue também para seus amigos!
Todos os artigos